Tuesday, September 16, 2008

NOVO CURSO de ESCRITA

Sociedade Guilherme Cossoul
Curso/Workshop/Oficina/ Atelier
de Escrita Criativa
Outono de 2008
por joão rafael dionísio

(7 aulas de 2,5 horas= 17,5 horas)
120 não sócios, 100 sócios
segundas, de 6 de outubro até 24 novembro
das 19.30 às 22h)
Av. D. Carlos I , nº 61, 1º Andar, Em Santos,
Telefone: 21 397 34 71)


Objectivos do curso:

· Despoletar a criatividade
· Melhorar a expressão escrita
· Desenvolver capacidades linguísticas
· Exprimir o mundo interior
· Partilhar saberes e cultura


A quem se destina:

A todos os que tenham interesse em desenvolver processos criativos no âmbito da palavra escrita, tanto numa perspectiva de desenvolvimento pessoal como na perspectiva de quem aspira a construir uma obra.

Modo de funcionamento:

As aulas funcionam com breves exposições teóricas sobre vários temas seguidos da apresentação de enunciados e da sua resolução e discussão.



Estrutura do Curso

I Parte (a palavra lúdica)


1) Apresentação. Brevíssima História da Escrita e do Livro. Interpretação de manchas tipo Rorschach. A proto-Frase. Exercícios de Escrita Automática.

2). Exercícios de Escrita Automática. Listagens. O Sintagma Nominal. Intersecção de Campos Semânticos.

3). Definir palavras. Léxico e Morfologia. Criar neologismos.

4). Fraseologia (Maximalismo e Minimalismo). Outros Exercícios.

II Parte (narrar e criar)

5). Interpretar as pessoas (imagens). Esboçar enredos.

6). Exercício de Percursos. A utilização de Arquétipos.

7). Narratividade e Personagem. Esboçar situações de enredo com ajuda da cábula da tipologia de Propp. Reflexões finais. Entrega dos Diplomas.

10 Comments:

Anonymous Conatus said...

saudações. sabes me dizer quais os transportes públicos adequados para a deslocação? obrigado

12:21 AM  
Blogger rafael said...

É em Santos

Há uns autocarros que ficam perto
6
727
60
104
Electriico 15
Electrico 28
Electrico 25

Também não é totalmente descabido sair no metro no cais sodre e andar uma beca.
ou ir lá parar de comboio da linha de cascais (é uma paragem do cais sodre a santos).

abraço
até ao curso

11:49 PM  
Anonymous Conatus said...

muchas gracias, dom Rafael;
julgo que a estação de metro do Rato também não fica muito longe da D.Carlos I

abraço

3:27 PM  
Blogger rafael said...

pois não, mas para baixo é fixe, mas para cima é um bocado puxado.

8:19 PM  
Anonymous Conatus said...

pois, pormenor que faz toda a diferença.
até breve, então

10:45 PM  
Blogger tb said...

Interessante esse curso. pena não ser oportuno para mim agora.
Bom curso e bons escritos.
Obrigada pela visita ao meu humilde espaço.
Beijinhos

5:53 PM  
Blogger musqueteira said...

... são as melhores horas passadas:na busca do saber!

10:57 AM  
Anonymous Anonymous said...

Viva! Estou a apreciar as aulas do curso de Escrita-criativa. A segunda-feira é sempre feliz. Obrigado. Recomendo vivamente este curso! (Pela mão do professor Joao Rafael Dionísio)
Quando passamos a exercícios mais complexos? :-D
Dimares

2:32 PM  
Anonymous Diana Estêvão said...

Afinal... parece que temos página!
http://www.guilhermecossoul.pt/
Cumprimentos da Diana Estêvão.

8:32 PM  
Anonymous Anonymous said...

1º resultado em aula, do exercício de escrita automática (60 segundos para escrever palavras sem parar e sem ter o objectivo de fazer sentido...), de um dos muitos exercícios que faço no curso de Escrita-Criativa:

"Lamechíces lamboscadas das palmeiras desgarradas tu que não sabes quem és cheiras e não me vês será árvore ou tema será vento ou soneto do teu lema quem me chama não ouve por mim quem me ama não vê o fim"

(Era suposto ter escrito palavras soltas sem fazer frases nem sentido. Repeti o exercício e saiu como deveria!)

__________________________ //_________________________



Outro, muito belo também, que realizámos foi: com um monte (literalmente) de palavras e expressões para cada um (que o prof. previamente recortou de vários sítios ao acaso) e na aula colocou em cima da mesa, tivemos de construir um texto (coloquei cinco vírgulas, dois pontos finais e um travessão mas. há mais pontuação no texto que veio com as palavras recortadas, assina-la-ei - esta última - com tamanho maior):



"Numa voz, a flexa inexorável tem uma capacidade espantosa na beleza selvagem do caos.



Apesar dos sinais de um mundo, uma matemática de origemdivina renasceu das cinzas de tal forma que, Quem não o desejar, de modo nenhum, priveligia a irreversibilidade do tempo num certo representar de um modo à maneira dos antigos.





Há as que ficam no meio de duas partículas desde a gravidade multiformes e flutuantes, todos os sinais amplos e diversificados mitos de regresso, sobre a língua lembrei-me três copos, o meu escritório - anéis do planeta."


Resultado giro, hein?! E esta hein?
Cumprimentos,
Dimares

10:47 AM  

Post a Comment

<< Home